5 mentiras sobre a graduação em Serviços Jurídicos e Notariais

Mentiras e desinformações sobre a nossa graduação já fazem parte do nosso folclore, não é mesmo? Se eu fosse escrever um artigo para contar todas, seria melhor lançar um livro. Por isso, neste texto irei elencar as 5 mentiras mais contadas e disseminadas em nosso meio. Bora lá?

1 – A nossa graduação não é reconhecida pelo MEC

Eita, essa é de doer e, toda vez que a escuto, fico me perguntando em que planeta essa pessoa vive. Pois bem, desmentindo essa informação, a nossa graduação foi aprovada e reconhecida pelo MEC no dia 03 de outubro de 2017, por meio da PORTARIA Nº 1.039 (clique no link para conferir). Portanto, não preciso dizer mais nada, né?

2 – Essa graduação só serve pra quem quer passar em concurso público

Essa também é clássica e sempre é proferida por alguém que se matriculou no curso exclusivamente para essa finalidade, não conseguiu passar no tal concurso, não pensou em um plano B, não foi atrás de informações sobre as áreas em que poderia trabalhar e, por fim, para tentar justificar o seu fracasso pessoal, bota a culpa na graduação. Simples assim.

Contudo, os graduandos e graduados neste curso – que procuram se informar – sabem que isso é uma mentira. O leque de atuações e ramos para o graduado neste curso são enormes, e não digo isso da boca pra fora. Recebo depoimentos diários de pessoas graduadas que estão trabalhando em Cartórios, departamentos jurídicos, imobiliárias, agências de seguros e consórcios, bancos, empresas privadas e escritórios de advocacia, além, é claro, daqueles que, assim como eu, trabalham como Paralegais autônomos, como Peritos Grafotécnicos, mediadores e árbitros extrajudiciais, agentes de registros de imóveis, despachantes documentalistas entre várias outras áreas.

3 – Não podemos fazer pós-graduação

É, parece absurdo mas essa é frequente. Acredito que muita gente não saiba a diferença de um curso TÉCNICO para um TECNÓLOGO, por isso, fazem essa confusão. A nossa graduação é de nível TECNÓLOGO, o que é reconhecido pelo MEC como uma graduação de NÍVEL SUPERIOR, sendo assim, podemos SIM fazer pós-graduação, em qualquer área, diga-se de passagem.

Podemos fazer pós-graduação e eu incentivo que você faça uma que aprimore e complemente os seus conhecimentos na área em que decidir seguir, por exemplo, eu sou graduado em SJN e especialista em contratos, por isso, fiz a minha pós-graduação (LL.M) em Direito Contratual.

4 – A cor da beca de formatura deste curso é vermelha

Esse ponto é polêmico pois, muita gente acredita que a nossa graduação se trata de um curso da área jurídica, sendo assim, a cor vermelha, que é utilizada pelos bacharéis em Direito, seria a tonalidade correta. Inclusive, muitas pessoas já se graduaram em Serviços Jurídicos e utilizaram a beca vermelha, contudo, cometeram um engano.

A cor correta é o AZUL. Vou explicar.

O nome completo da nossa graduação, aprovado pelo MEC, é TECNOLOGIA EM GESTÃO DE SERVIÇOS JURÍDICOS E NOTARIAIS. portanto, se trata de um curso de GESTÃO, por isso, em 2017, o CFA – CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO, por meio da resolução normativa 505, inciso L, abraçou a nossa graduação, reconhecendo ser um curso da área administrativa. Sendo assim, por se tratar de um curso relacionado à ADMINISTRAÇÃO, a cor correta para nossa beca seria o AZUL.

5 – A qualquer momento, a OAB vai derrubar o nosso curso

Não é novidade pra ninguém que a OAB não concorda com a nossa graduação e, lá em 2017, tentou barrar a aprovação do nosso curso por meio de uma ação civil pública, porém, ela PERDEU a ação pro MEC, portanto, acabou. Foi tramitado e julgado. Não precisamos temer essa revogação, contudo, ainda corremos o risco de sermos perseguidos e processados pela fiscalização da OAB, que costuma intimar profissionais que, segundo eles, estão exercendo atividades privativas da advocacia.

Por isso, é muito importante agirmos sempre na área juridico-administrativa, e lutarmos pela aprovação da Lei do Paralegal para legalizarmos a nossa profissão e podermos – finalmente – trabalhar em paz, sem temer processos e futuras dores de cabeça.

Bem, agora eu quero saber quais são as outras mentiras sobre o nosso curso que vocês escutam por aí, deixem aqui nos comentários.

Publicado por Portal Paralegal

Somos a primeira – e maior – comunidade a gerar conteúdos sobre a profissão Paralegal no Brasil.

10 comentários em “5 mentiras sobre a graduação em Serviços Jurídicos e Notariais

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: